Início Tecnologia 7 Erros nas Redes Sociais que você deve evitar

7 Erros nas Redes Sociais que você deve evitar

50
0
7 Erros nas Redes Sociais que você deve evitar

Existem alguns erros nas redes sociais que são bastante comuns e que muitos profissionais de marketing digital e empreendedores cometem.

Você sabe, ter uma boa presença nas redes sociais pode potencializar os resultados de sua marca seja na construção de relacionamentos por meio de conteúdo, branding e aumento nas vendas. No entanto, para que isso aconteça, é necessário realizar um trabalho com objetivos e estratégias bem definidas.

Sendo assim, vamos falar de alguns erros comuns que vemos acontecer com algumas empresas:

1. Não ter clareza dos objetivos

Por que sua marca está presente nas mídias sociais? Qual seu objetivo primário e secundário ali? A clareza na resposta a essas perguntas é o que dará direcionamento para todas as suas estratégias nas redes sociais.

Outra questão importante: Por que sua marca está presente nos canais em que está? Facebook, Instagram, TikTok, Linkedin, Twitter, Pinterest, Youtube, Snapchat…são muitas as opções existentes. Se a resposta à esta pergunta for algo como “Estamos presentes nesta rede social pois nossos concorrentes estão lá” pode ser que você esteja sem clareza de seus objetivos.

Sem ter clareza do que você está fazendo, são grandes as chances de produzir conteúdo apenas para “estar lá” ou “porque meu concorrente também está.” E isso significa que seus resultados provavelmente serão ruins.

Geralmente, os objetivos de sua presença na redes sociais são derivados dos objetivos de marketing da empresa, portanto, entender isso é o primeiro passo para evitar erros nas redes sociais de seu negócio.

2. Estar em todas as mídias sociais (sem conseguir “alimentar” todas)

Estar presente em vários canais nas mídias sociais pode ser interessante, se você tem clareza do porquê está em cada uma delas e também se tem uma equipe suficiente para “alimentá-las”.

Você sabe, criar conteúdo para mídias sociais dá muito trabalho e exige constância e disciplina, portanto, se a sua marca não possui os recursos necessários para estar presente em algumas plataformas ao mesmo tempo, o melhor é focar em um ou outro canal específico. Este é um erro nas redes sociais bastante comum cometido por empresas que desejam abrir muitas frentes e não tem “braço” suficiente para dar conta de todas elas.

O melhor é focar em poucos canais e ter boa presença neles, com consistência.

3. Foco na quantidade em vez da qualidade

Nem sempre postar mais significa uma melhor estratégia. Aliás, essa é uma boa discussão, pois tem gente que acredita que somente com a quantidade é que se chega à maior qualidade ao longo do tempo (e eu entendo esta ideia).

No entanto, apenas quantidade (sem um olhar crítico para entender o que funciona ou não) pode ser um tiro no pé. Nós sempre indicamos a postar diariamente, se possível. No entanto, isso não significa postar qualquer coisa, de qualquer jeito.

É preciso mesclar quantidade e qualidade, mas, se tiver que escolher, escolha a qualidade. É muito difícil se diferenciar produzindo um conteúdo “mais do mesmo”.

E o que é qualidade, afinal? É entender verdadeiramente seu público (desenhar e definir muito bem sua persona) e planejar a produção de conteúdos que entreguem valor a ele. É se dedicar a entender (muitas vezes também por tentativa e erro) o que funciona ou não para o seu segmento.

4. Falta de consistência

A falta de consistência pode te “tirar do jogo” nas mídias sociais no médio e longo prazo. Qualquer plataforma social, não importa de qual estejamos falando, privilegia a boa produção de conteúdo aliada a uma constância de produção.

Basta pensar no seguinte: Como uma rede social ganha dinheiro? Com publicidade, certo? Pensando nisso, é interesse dela que os usuários passem o maior tempo possível dentro de suas plataformas consumindo conteúdo e também, publicidade.

Assim, produtores de conteúdo (pessoas e marcas) que estejam constantemente produzindo conteúdo de valor para sua audiência irão ter mais relevância para os algoritmos destas redes sociais.

No entanto, qualquer pessoa que atua com redes sociais sabe: É fácil produzir um ou dois bons conteúdos de vez em quando. O desafio é produzir com qualidade a maior parte do tempo. E, mesmo assim, muitos conteúdos não terão bons resultados, acostume-se a isso.

O que pode ajudar a manter a consistência nas postagens? Um bom planejamento e um calendário editorial é um dos principais passos para garantir um bom andamento e frequência de postagens. Faça essa lição de casa!

5. Publicar o mesmo conteúdo em várias plataformas

O Instagram é muito diferente do Linkedin, que é muito diferente do TikTok. Nem sempre um mesmo conteúdo faz sentido para mais de uma mídia social. É preciso adequar a linguagem, conteúdo e formato a cada rede.

Apesar de parecer óbvio, nem sempre os profissionais e marcas se preocupam com isso na prática. É bem comum ver esses erros nas redes sociais de empresas: o mesmo post, com o mesmo formato em diferentes plataformas. Nestes casos, não é incomum ver canais de redes sociais com pouco ou nenhum resultado, sendo apenas um “replicador” de mensagens de outras redes sociais.

Por isso, voltamos a reforçar: é preciso ter clareza dos objetivos e ter “braço” para executar a produção de conteúdo em diversas redes sociais diferentes.

6. Não produzir vídeos para redes sociais

Este não é um erro propriamente dito, mas sim um alerta. Os vídeos são fundamentais para humanizar a marca, gerar mais autoridade, engajamento e crescer sua base de seguidores.

Pare por um minuto de ler este artigo e abra sua timeline de qualquer rede social. Tenho certeza que você verá em sua timeline muitos vídeos. Talvez você não tenha parado para pensar sobre isso ainda, mas os vídeos eram muito menos frequentes nas timelines de mídias sociais há poucos anos atrás.

Veja o crescimento de plataformas como o TikTok e a ferramenta de Reels do Instagram. Ambas cresceram muito nos últimos anos oferecendo os vídeos como seu principal instrumento de criação.

Além disso, é possível criar públicos personalizados específicos de acordo com as visualizações de cada vídeo para anunciar para as pessoas que interagiram com estes conteúdos.

Por isso, um erro de redes sociais bem comum é não investir em produção de conteúdo em vídeos para seu negócio ou marca pessoal.

7. Não distribuir conteúdo

Se o conteúdo é rei, a distribuição é a rainha.

Invista em distribuição de seu conteúdo em canais pagos para que ele seja visto por mais pessoas. Você sabe, o alcance do conteúdo orgânico nas redes sociais é geralmente bastante baixo. Dessa forma, não faz sentido investir na produção de conteúdo (pessoas, ferramentas e outros recursos) e ele não chegar nas pessoas. Esse é um clássico erro nas redes sociais que muitos profissionais cometem.

Sendo assim, é fundamental separar parte de seu orçamento de mídia para investir em distribuição de conteúdo. Neste caso, faz parte da estratégia investir para atingir tanto pessoas que já conhecem sua marca (seus seguidores) quanto para novas pessoas – para que comecem a se relacionar com sua marca.

Conclusão

Estes são alguns erros nas redes sociais bastante comuns, mas poderia enumerar alguns outros aqui. Faça uma reflexão sobre sua atuação nestes canais e entenda se está cometendo alguns destes erros que falamos no artigo. Se for o caso, trace rotas para melhorar e evitar cair nestas armadilhas que podem estar minando seus resultados.

Fonte: Mirago

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui